domingo, 20 de junho de 2010

Relógio do Corpo Humano




2 comentários:

  1. O nosso corpo, segundo a medicina Chinesa e a Teoria do Relógio Cósmico,
    consiste em um microcosmo que reproduz as leis da natureza, quando se observa a
    circulação de energia pelos meridianos principais. A energia vital percorre todo o circuito
    dentro de um ritmo, horário que se inicia das 3 às 5 horas da manhã no meridiano do
    pulmão, obedecendo o seguinte percurso: das 5h às 7h – intestino grosso; das 7h às 9h –
    estômago; das 9h às 11h – baço-pâncreas; das 11h às 13h – coração; das 13h às 15h –
    intestino delgado; das 15h às 17h – bexiga; das 17h às 19h – rins; das 19h às 21h –
    circulação-sexo; das 21h às 23h – triplo aquecedor (sistema digestivo/respiratório/
    excretor); das 23h à 1h– vesícula biliar; da 1h às 3h – fígado. Dessa forma, em 24 horas,
    cada um dos 12 meridianos principais tem um período de duas horas durante as quais sua
    atividade atinge o clímax (ou seja, está trabalhando no seu pico máximo de
    funcionamento). Isso significa que em um tratamento, o horário próprio do meridiano é o
    mais indicado para a sedação da energia, que terá como resultado acalmar o órgão ou
    função. Na prática, se quiséssemos tratar um doente com o máximo de êxito, seria preciso,
    na medida do possível, fazê-lo nas horas propícias procurando observar a manifestação de
    depuração deste órgão. No momento em que o órgão a ser tratado estiver em estado de
    máxima tensão (pico energético).
    Porém, observou-se que não bastava construir um Horto em formato de Relógio
    Cósmico, sem haver um Corpo Humano presente neste espaço identificando
    fisiologicamente a posição destes órgãos de forma educativa, pedagógica e didática.
    Esta metodologia relaciona conhecimentos sobre a função dos principais órgãos
    do Corpo Humano e onde eles se localizam no organismo, promovendo o aprendizado e a
    reflexão, tornando os indivíduos sujeitos da sua própria saúde, responsáveis pelas suas
    escolhas e hábitos de vida. Propõe uma forma de tratamento baseada na observação de
    cada indivíduo e nos primeiros cuidados que podem ser tomados para evitar transtornos de
    saúde.

    ResponderExcluir
  2. Horário- Orgão- Função- Plantas
    1h às 3h- Fígado- Produzir a bile- Eliminar substâncias nocivas -Alcachofra- Cardo mariano-
    3h às 5h -Pulmão -Fornecer oxigênio aos órgãos através do sangue- Pulmonária - Violeta de jardim
    5h às 7h- Intestino grosso- Reter a sobra dos alimentos que junto com a água forma as fezes-Linhaça - Tansagem
    7h às 9h- Estômago -Acumular os alimentos para que sofram a ação do suco gástrico- Hortelã -Manjericão
    9h às 11h- Baço e pâncreas- Relaciona-se com a circulação do sangue e com a produção de enzimas-Pariparoba - Sete sangrias
    11h às 13h -Coração -Bombear sangue para todo o organismo- Alecrim - Pfáfia
    13h às 15h- Intestino delgado-Os alimentos passam para a circulação linfática e sangüínea, sendo a seguir distribuído a todas as células do corpo- Mil em rama - Funcho
    15h às 17h -Bexiga -Receber e acumular a urina-Cavalinha - Malva
    17h às 19h -Rins- Eliminar as impurezas existentes no sangue formando a urina- Carqueja -Quebrapedra
    19h às 21h-Circulação- Corresponde ao aparelho circulatório, artérias e veias que carregam sangue para todo o corpo-Arnica - Alcanfor
    21h às 23h- Sistema digestivo,Sistema Respiratório e Sistema Excretor:
    estes três sistemas estão interligados e são fundamentais para manter o ser humano saudável. Os alimentos são necessários para produzir energia para trabalhar e para os órgãos funcionarem. O sangue leva a todos os órgãos e partes do corpo o alimento e o oxigênio, porém nesse processo tudo que é desnecessário deve ser eliminado do corpo pelo sistema excretor -Sálvia – Tomilho
    23h às 1h- Vesícula biliar- Acumular, armazenar e concentrar a bile. Bardana - Dente-de-leão.

    ResponderExcluir